13 pessoas foram mortas nas últimas 24 horas no Ceará

Treze pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas, elevando para 360 o número de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) neste mês de junho de 2020 no estado, e para 2.310 os homicídios em seis meses. Nesta segunda-feira (29), nove pessoas acabaram sendo assassinadas no interior e outras quatro na Grande Fortaleza.

Na Capital, ocorreram dois assassinatos. Um deles aconteceu no começo da noite de ontem, quando um homem foi morto, a tiros, no Condomínio Cidade Jardim Dois, no bairro José Walter. A vítima, identificada como Célio Roberto Lima do Nascimento, 39 anos, foi morta com vários tiros à queima-roupa quando saía de casa.

Também ontem, um crime de morte ocorreu no bairro Canindezinho. Um homem identificado como Marciano Santos da Silva, 28 anos, trafegava em sua motocicleta quando foi atacado por desconhecidos e morto com vários tiros.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), dois crimes foram registrados nas últimas 24 horas. O copo de um homem foi encontrado com vários ferimentos a tiros em um matagal no bairro Genipabu, na cidade de Caucaia.  No Eusébio, um bandido identificado como Otávio Rodrigues Bastos, 29, tombou numa troca de tiros com policiais do CPRaio.

Sertão violento

Nove pessoas foram assassinadas no Interior nas últimas 24 horas, com destaque para o Município de Juazeiro do Norte que registrou, ao menos, quatro mortes violentas.  Entre os casos, um episódio de intervenção policial. Dois suspeitos de crimes, identificados como David Lima da Silva, 22 anos; e Francisco Wescley Vieira da Silva,, morreram numa troca de tiros com policiais militares, no bairro Frei Damião. O caso aconteceu na madrugada de ontem.

À noite, mais duas pessoas foram mortas em Juazeiro. Cícero Geraldo da Silva Neto, 43 anos; e o adolescente Giovanne dos Santos Lima, 16 anos, foram assassinados no bairro Tiradentes.

Além de quatro crimes de morte em Juazeiro, ocorreram mais cinco homicídios nos seguintes Municípios: Canindé (duplo), Acaraú, Santana do Acaraú e Paramoti.

Com informações do jornalista Fernando Ribeiro

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem