Camilo Santana anuncia nesta sexta 'novas medidas' sobre retomada da economia no Ceará

Foto: Governo do Estado/Divulgação

O Governador do Ceará, Camilo Santana, comunicou em redes sociais que deve divulgar ainda nesta sexta-feira (10) novas medidas sobre a retomada da economia no estado. As medidas entrarão em vigor na segunda-feira (13). Um decreto estadual suspende ou impõe restrições aos setores econômicos desde março, devido à pandemia de coronavírus.

"Reunião com os presidentes do TJ e AL, Ministério Público Estadual e Federal, prefeito Roberto Cláudio, e nossas equipes de saúde, para avaliar o cenário da pandemia e o novo Decreto, que entra vigor a partir da próxima 2a feira (13). Deverei anunciar as novas medidas ainda hoje", informou o governador.

Na semana passada, Camilo anunciou o avanço das atividades econômicas de Fortaleza para a Fase 3 do processo de reabertura, mas com restrições. Bares noturnos e barracas de praia continuam fechados; a Fase 3 do plano previa inicialmente que esses estabelecimentos voltassem às atividades.

Já cidades onde o número de novos casos de Covid-19 continuam crescendo de forma mais acelerada, como Juazeiro do Norte e Sobral, há aplicação de medidas de isolamento social mais rígidas. Nesses locais, fica autorizado o funcionamento apenas do comércio considerado essencial, como farmácias e supermercados.

O Ceará é um dos estados mais afetados pelo coronavírus no Brasil. Desde o início da pandemia, mais de 130 mil pessoas foram infectadas e 6,7 mil morreram com a doença.

Fases de transição

O plano de retomada das atividades não essenciais tem um ciclo de transição de quatro fases. Cada fase dura 14 dias. Os municípios do Ceará estão em diferentes estágios em relação ao plano conforme a gravidade do cenário da doença, sendo a capital a cidade com maior nível de reabertura.

Caso ocorra o avanço para a Fase 4 do plano de retomada em uma ou mais cidades, ficam autorizados eventos de esporte, cultura, lazer e atividades religiosas. A Fase 4 prevê ainda a realização de turismo e eventos.

Outra possibilidade é de que o governador Camilo Santana remova as restrições à Fase 3 do plano aplicada à cidade de Fortaleza. Dessa forma, ficariam autorizadas as atividades comerciais em barracas de praia por exemplo.

Já os dirigentes de clubes de futebol aguardam a definição de uma data para o retorno dos jogos, sem a presença de torcidas.

G1 CE

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem