População denuncia falta de estrutura e lixo ao redor de unidade de testes para Covid, em Barbalha

Foto: Edson Freitas

Há uma semana, Barbalha ganhou um novo posto de testagem para Covid-19, no Centro de Esportes Unificados (CEU), no Parque da Cidade. Porém, a estrutura deste ponto de coleta e a quantidade de lixo ao seu redor tem sido denunciada pelos moradores. A unidade é destinada para atender a população de 15 localidades do Município.

Através de denúncia anônima enviada à redação do Sistema Verdes Mares, a comunidade apontou que ao redor da quadra, onde acontecem os testes, há acumulo de lixo, como garrafas, copos, sacos plásticos e embalagens de seringas, o que sugere lixo infectante.

Nossa equipe de reportagem esteve na manhã desta terça-feira (14) no local confirmou o volume de lixo ao lado da quadra. A secretária da Saúde de Barbalha, Pollyanna Callou, se eximiu e ressaltou ser é uma questão de educação.

“O que encontra são lixos descartados pela população, como garrafas plásticas, sacos plásticos. Infelizmente é uma situação inerente à nossa vontade”, reforça a secretária. A Pasta, no entanto, conversou com a Secretaria de Obras, responsável pela limpeza pública, que se comprometeu a enviar um de seus colaboradores para fazer a limpeza diária.

Pollyanna disse ainda que a escolha do CEU para ser a nova unidade de testes foi em dar comodidade os moradores.

“A gente prefere trabalhar em ambientes abertos para diminuir a possibilidade de infecção tanto para os profissionais que estão coletando, quanto para as pessoas que só estão com suspeita. Eu não vejo problema na estrutura, até porque a quadra não leva sol o tempo todo”, reforçou, fazendo referência ao período de sol em que a população se abriga do calor e acaba formando filas e aglomeração.  

A unidade montada no CEU atende a população correspondente às comunidades do Alto (I e II), Centro (I e II), Vila Santo Antônio, Bela Vista, Santo André, Cirolândia (I e II), Caldas, Riacho do Meio, Mata dos Limas, Mata dos Dudas, Cabeceiras e Barro Vermelho. 

Já a unidade do Drive Thru, montada no Largo do Rosário, receberá as pessoas que são cobertas nos bairros Bulandeira, Arajara, Macaúba, Barro Vermelho, Rosário, Minha Casa–Minha Vida, Santana, Brejinho, Malvinas (I e II), Lagoa e Estrela.

Hoje, o Município examina, em média, 300 pessoas por dia. Atualmente, 3.226 pessoas já testadas, o que representa 5,43% de sua população, que tem em torno de 59 mil habitantes. 

Diário do Nordeste

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem