Veja quem recebe a 4ª parcela do auxílio emergencial a partir de segunda, 20

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

A partir do próximo dia 20 de julho, a Caixa Econômica Federal (CEF) irá liberar a quarta parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Os beneficiários do Bolsa Família serão os primeiros a receberem o dinheiro, que será no valor integral, já que durante o anúncio da prorrogação do auxílio, o ministro Paulo Guedes pontuou que os R$ 600 poderiam ser desmembrados em outras parcelas menores.

A data de pagamento aos beneficiários do Bolsa Família será realizada de acordo com o Número de Identificação Social (NIS). No dia 20 de julho, receberão os beneficiários que tiverem o NIS finalizado em 1. A última data de pagamento da quarta parcela para quem é cadastrado no programa social é no dia 31 de julho.

Já foram pagas três parcelas do auxílio, prorrogado em mais duas, no valor de R$ 600 para desempregados, trabalhadores sem carteira assinada, autônomos e Microempreendedores Individuais (MEIs), e R$ 1,2 mil para mães chefes de família. Porém, cerca de 40% dos pedidos feitos pelo aplicativo da Caixa, ainda não receberam o pagamento da terceira parcela.

Auxílio emergencial: confira o calendário completo do depósito do benefício  
   
NIS final 1 - 20 de julho
NIS final 2 - 21 de julho
NIS final 3 - 22 de julho
NIS final 4 - 23 de julho
NIS final 5 - 24 de julho
NIS final 6 - 27 de julho
NIS final 7 - 28 de julho
NIS final 8 - 29 de julho
NIS final 9 - 30 de julho
NIS final 0 - 31 de julho

O valor será disponibilizado na Poupança Social Digital e também nas agências da Caixa. O calendário de pagamento aos outros beneficiários do auxílio ainda não foi disponibilizado.

Auxílio emergencial: Nova análise

O prazo de cadastramento para receber o auxílio emergencial terminou no dia 2 de julho. Quem se cadastrou no prazo, e foi aprovado na análise feita pela Dataprev, receberá as cinco parcelas. No entanto, segundo o Ministério da Cidadania, uma nova análise será feita para saber se o auxílio será mantido. Não é necessário um novo cadastro. Veja quem pode ter o auxílio cortado:

- Trabalhador com carteira assinada;
- Quem recebeu o seguro-desemprego após ter o auxílio aprovado;
- Aposentado, pensionista do INSS, que começou a receber o auxílio-doença ou outros benefícios, com exceção do Bolsa Família;
- Quem fez uma contribuição ao INSS maior que R$ 3.145;
- Quem tem a renda familiar maior que três salários mínimos (R$ 3.145) ou se a renda mensal por pessoa seja maior que meio salário mínimo (R$ 522,5);
- Quem tem o CPF irregular.

Auxílio emergencial: Pessoas beneficiadas

Segundo a Caixa Econômica Federal, até esta terça-feira, 65,2 milhões de pessoas foram beneficiadas, e mais de 107 milhões de cadastros foram processados. Do programa Bolsa Família, 19,2 milhões de pessoas foram consideradas elegíveis. Já do Cadastro Único (CADÚnico), 10,5 milhões de cidadãos tiveram o cadastro aprovado. Ainda de acordo com a Caixa, mais de 800 mil cadastros estão em processo de reanálise.

Auxílio emergencial: Próximos pagamentos

Primeira parcela para beneficiários cadastrados entre 27/05 e 16/06

Calendário de saque em dinheiro e transferências entre contas

Nascidos em Janeiro: 18/07/2020
Nascidos em Fevereiro: 25/07/2020
Nascidos em Março: 01/08/2020
Nascidos em Abril: 08/08/2020
Nascidos em Maio: 15/08/2020
Nascidos em Junho: 29/08/2020
Nascidos em Julho: 01/09/2020
Nascidos em Agosto: 08/09/2020
Nascidos em Setembro: 10/09/2020
Nascidos em Outubro: 12/09/2020
Nascidos em Novembro: 15/09/2020
Nascidos em Dezembro: 19/09/2020

Auxílio emergencial: segunda parcela para beneficiários que receberam a 1ª entre 01/05 e 30/05

Calendário de saque em dinheiro e transferências entre contas

Nascidos em Janeiro: 18/07/2020
Nascidos em Fevereiro: 25/07/2020
Nascidos em Março: 01/08/2020
Nascidos em Abril: 08/08/2020
Nascidos em Maio: 15/08/2020
Nascidos em Junho: 29/08/2020
Nascidos em Julho: 01/09/2020
Nascidos em Agosto: 08/09/2020
Nascidos em Setembro: 10/09/2020
Nascidos em Outubro: 12/09/2020
Nascidos em Novembro: 15/09/2020
Nascidos em Dezembro: 19/09/2020

Jornal do Commercio

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem