Homem é preso em Aurora por descumprimento das regras do monitoramento eletrônico; também responderá por furto qualificado por abuso de confiança

Além da prisão do infrator, os investigadores ao efetuarem a prisão também elucidaram um crime de furto praticado pelo mesmo infrator na Terra do Menino Deus. – Foto: Arquivo

Na tarde desta quinta-feira, dia 14 de janeiro, policiais civis da Delegacia Municipal de Aurora, tendo a frente o delegado Paulo Hernesto Pereira Tavares, deram cumprimento a mandado de prisão expedido pela Comarca de Aurora em desfavor de J.A.S.A, indivíduo conhecido por “Melado”, em razão do descumprimento das regras do monitoramento eletrônico (uso de tornozeleira eletrônica). Além da prisão do infrator, os investigadores ao efetuarem a prisão também elucidaram um crime de furto praticado pelo mesmo infrator na Terra do Menino Deus.

Conforme informações obtidas pela reportagem do Portal Aurora Notícias, o infrator teria invadido uma residência na Rua São Francisco, bairro Araçá, e praticado o furto de um aparelho celular no último dia 11 de janeiro. E já teria sido vendido para um terceiro, que responderá pelo crime de receptação, previsto no artigo 180, do CPB.

Ainda segundo informações, a vítima, por ter “consideração” pelo infrator, optou por não registrar Boletim de Ocorrência, porém, a equipe de investigadores da Delegacia Municipal de Aurora ao descobrir o fato, de imediato notificou todas as testemunhas, a vítima, bem como o infrator “Melado”, no procedimento policial, para prestassem todos os esclarecimentos para elucidação do delito.

Lembrando que conforme o Código Penal Brasileiro, o crime de furto é um crime de ação penal pública incondicionada, não sendo necessário que a vítima represente ou apresente "queixa" para instauração do inquérito policial, por isso que o mesmo fora instaurado mesmo sem a vítima ter procurado, inicialmente, a delegacia de polícia.

O infrator, além do mandado de prisão por descumprimento das regras de monitoramento impostas pelo Poder Judiciário, também responderá por furto qualificado por abuso de confiança, sendo representado pelo delegado de polícia um novo pedido de prisão preventiva em desfavor do mesmo. 

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais na região. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (88) 3543-1832, da Delegacia Municipal de Aurora. Um número de WhatsApp também está disponível: (88) 98101-2001. O sigilo e o anonimato são garantidos.

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem