Polícia Civil prende grupo criminoso suspeito de furtar dados de cartões bancários no Crato


Uma ofensiva coordenada por equipes da Delegacia Regional do Crato da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou, na tarde dessa sexta-feira (29), na localização e prisão de três homens suspeitos de furtar dados de cartões em agências bancárias. Os homens foram presos em flagrante no momento que estava praticando a ação criminosa. Dinheiro, um carro, cartões e diversos apetrechos foram apreendidos na ação policial.

Antônio Andrearly Gouvêia Lopes 42 anos, com antecedentes criminais por furto e estelionato; Giovane de Freitas Soares, 28 anos, e Antônio Fernandes Lima, 46 anos, ambos sem antecedentes criminais, foram flagrados por policiais civis, dentro de uma agência bancária, no momento em que tentavam furtar dados de cartões. Segundo informações policiais, o grupo havia implantado uma espécie de “Chupa Cabra”, máquina utilizada para subtrair informações dos cartões. Os investigadores chegaram até os suspeitos, através de denúncias que subisidiaram na localização dos homens.

Em posse das características dos envolvidos, os agentes foram ao local citado e constataram os fatos. Os homens, que receberam voz de prisão, no momento em que tentavam retirar o “Chupa Cabra” de um caixa eletrônico, foram conduzidos à delegacia regional. Com eles, foram apreendidos 12 cartões bancários, cheques em branco, R$ 2 mil em espécie, notebook, celulares e diversos apetrechos para a realização das práticas criminosas, além de um carro, que era utilizado para a locomoção do grupo.

Diantes dos fatos, o trio que confessou em depoimento a ação criminosa, foi autuado em flagrante por furto qualificado tentado. A PCCE continua investigando os fatos, a fim de identificar outros partícipes deste grupo criminoso.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3102-1286, da Delegacia Regional do Crato, que também disponibiliza o mesmo número como WhatsApp. O sigilo e o anonimato são garantidos.

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem