-->
Quatro mortes violentas foram registradas nas últimas horas na região do cariri

Quatro mortes violentas foram registradas nas últimas horas na região do cariri


Óbitos são decorrentes de homicídio e acidentes de trânsito. – Foto: Reprodução

Quatro mortes violentas foram registradas nesta quinta-feira na região do cariri. Os óbitos são decorrentes de homicídios e acidentes de trânsito.

No Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, duas pessoas morreram após serem vítimas da violência no trânsito.

A primeira morte ocorreu na madrugada, tendo como vítima o agricultor Antonio Rodrigues da Silva, 61 anos, que na noite do último dia 19 de dezembro, sofreu um acidente quando trafegava em sua motocicleta pela rodovia estadual que liga o município de Mauriti ao Distrito de Coité, vindo a sofrer traumatismo craniano.

Pela manhã, por volta das 11h30min, faleceu Francisco Andrade da Silva, 24 anos, que na madrugada do último dia 1º de janeiro se envolveu num sinistro, sofrendo traumatismo craniano, na estrada da localidade denominada como Fomento, zona rural de Iguatu, quando se dirigia à sua residência, na mesma região.

Antes, por volta das 8 horas, o autônomo Joelson Guimarães, 54 anos, foi encontrado morto com o corpo apresentando sinais de violência possivelmente provocadas por disparos de arma de fogo às margens da CE 292, imediações do Sítio Olho D’água, em Nova Olinda. Ao lado do corpo, foram encontradas uma moto de placas PNM-9182, uma foice e uma sacola contendo alguns pertencentes. Segundo informações, a vítima teria passado uns dias em uma chácara no Sítio Zabelê, no mesmo município em que foi localizado sem vida.

Pouco tempo depois, faleceu no Hospital São Camilo, em Crato, o operador de máquinas Caio Henrique da Silva Moura, 31 anos, que no último dia 03 deste mês havia dado entrada naquela unidade de saúde afirmando ter sofrido espancamento. Caio recebeu atendimento médico, sendo logo em seguida liberado. Dois dias depois, retornou ao hospital apresentando quadro clínico de dores pelo corpo e febre, ficando internado, vindo a falecer na manhã desta quinta-feira.