Agricultor de 43 anos foi morto a tiros na zona rural do Barro

Vítima foi assassinada no Sítio Cuncas, zona rural daquele município. – Foto: Arquivo

Um assassinato foi registrado nesta quarta-feira, 24, na zona rural do Barro, constituindo-se no primeiro homicídio do ano naquele município. A vítima já havia sido presa na cidade de São José de Piranhas, estado da Paraíba, ocasião em que na época afirmou à autoridade policial ser usuária de drogas.

Segundo informações obtidas pela nossa reportagem, era por volta das 10 horas, quando o agricultor João Antonio de Sousa Neto, 43 anos, foi morto a tiros no Sítio Cuncas. Populares relataram à polícia que o ato delituoso teria sido praticado por três homens ocupantes de um veículo de cor escura. Após a consumação do crime, os suspeitos fugiram tomando rumo ignorado.

Policiais do Destacamento da PM do Barro, municípios próximos, como também da Paraíba diligenciaram em torno do fato, mas ninguém foi preso.

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem