Após roubos e perseguição policial, dupla é presa pela Polícia Militar em Juazeiro do Norte

Suspeitos usaram uma moto tomada de assalto para cometerem série de roubos. – Fotos: Redes sociais

Uma perseguição policial terminou com dois homens presos, em Juazeiro do Norte na noite desta segunda-feira (3). Segundo a Polícia, Carlos André Alencar de Oliveira, de 20 anos, residente no bairro Franciscanos e José Fabrício dos Santos, de 25 que mora no João Cabral são suspeitos de roubar uma motocicleta Honda Bros de cor vermelha e placa PMP-1B61 e cometer uma série de assaltos.

A moto em questão possuía rastreamento em tempo real e com a coordenação do CIOPS equipes do Policiamento Ostensivo Geral (POG) montaram um cerco que findou por encurralar os acusados na Rua Domingos Sávio no bairro Timbaúbas. Ao se deparar com uma das viaturas policiais, a dupla fez uma manobra e empreendeu fuga quando colidiu frontalmente noutra viatura que já estava patrulhando na área e os dois caíram no solo.

De imediato os militares efetuaram a prisão do condutor da motocicleta, Carlos André. Já o garupeiro, José Fabricio empreendeu fuga correndo, mas acabou capturado. Ao ser abordado ele fez menção de puxar uma arma de fogo que estava em sua cintura, ocasião em um dos policiais militares reagiu atingindo o suspeito com um disparo na altura do quadril lado esquerdo.

Em poder dos suspeitos a polícia apreendeu um revolver calibre 38, contendo seis cartuchos intactos, cinco aparelhos de telefonia celular de marcas diversas, além da moto em que os dois trafegavam. Os PMs solicitaram a presença do SAMU que prestou socorro a Carlos André e José Fabricio levado os dois para o Hospital Regional do Cariri onde estão sob escolta. Na sequência, foi lavrado o flagrante na Delegacia de Polícia Civil, sendo os acusados autuados pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, roubo e direção perigosa. Já uma das viaturas da PM ficou bem avariada ao ser abalroada pela moto e o veículo da frota oficial será periciado nesta terça-feira no Núcleo de Ciências Forense do Cariri, em Juazeiro do Norte.

Fonte: Caririceara

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem