Polícia Civil prende homem suspeito de esfaquear mulher, enteada e bebê em Iguatu

Em rápida resposta às diligências policiais para elucidar uma tripla tentativa de homicídio no município de Iguatu, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e a Polícia Militar do Ceará (PMCE) capturaram, na manhã desta terça-feira (8), o homem suspeito de esfaquear a companheira, enteada dele e um bebê de três meses. O suspeito foi encontrado no sítio Gadelha, zona rural do município.

Após trabalho de inteligência de policiais civis da Delegacia Regional de Iguatu, os agentes encontraram o paradeiro do homem de 39 anos que se encontrava escondido no sítio Gadelha, zona rural do município. A prisão contou com apoio de policiais civis da Delegacia de Defesa da Mulher de Iguatu (DDM) e de policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar) da PMCE.

No último sábado (5), as vítimas, uma mulher de 34 anos, uma adolescente de 14, e um bebê de três meses, foram atingidas por golpes de faca. O fato ocorreu no bairro Vila Moura. O suspeito foi identificado como sendo companheiro da mulher lesionada. Segundo informações preliminares, houve uma discussão entre ele e a companheira após o homem ter ingerido bebida alcoólica. Houve um confronto entre o homem e a companheira, em razão de ciúmes. Na tentativa de defender a mãe, a adolescente acabou também ferida, assim como o bebê, filho dela.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas para uma unidade de saúde. Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizaram diligências ininterruptas desde o fim de semana no intuito de capturar o homem. Equipes da Polícia Civil também colhiam informações no sentido de localizar o homem.

O homem, que tem duas passagens por ameaça no contexto de violência doméstica e familiar, foi conduzido à delegacia para prestar depoimento. Após ser ouvido, ele foi autuado em flagrante pela tentativa de feminicídio e pela dupla tentativa de homicídio qualificado. Ele está preso e encontra-se à disposição da Justiça.

Denúncias

 

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o número (88) 3581-0307, da Delegacia Regional de Iguatu. O sigilo e o anonimato são garantidos.

*A identificação do suspeito não foi publicada neste texto para não expor as vítimas.

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias
Portal Aurora Notícias