Aurora volta a reduzir índice para transmissão da Covid-19

O risco de incidência da Covid-19 caiu de “alto” para “moderado” em Aurora, segundo informações da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa). Os indicadores consideram os aumentos de casos diários, internações, testes com resultado positivo, mortes e leitos de UTI ocupados entre os dias 11 e 24 de julho. Os dados foram extraídos às 08h00min desta terça-feira (27).

O IntegraSUS ainda mostra que a taxa de letalidade de Aurora está em 0%, apresentando risco de alerta “baixo”. A taxa de positividade dos testes RT-PCR, que também se encontra em 41,1%, apresenta “risco moderado”.

As internações por doenças respiratórias apresentam risco “moderado”, com tendência decrescente. A incidência de casos de Covid-19 por dia apresenta nível “baixo”, com tendência decrescente.

Níveis de alerta

Os níveis de alerta são divididos de 1 a 4, em que 1 é o “novo normal”, 2 é “moderado”, 3 é “alto” e 4 é “altíssimo”.

Boletim Epidemiológico

A Secretaria Municipal de Saúde de Aurora informou que, até a tarde desta segunda-feira (26), o Município notificou 4.318 pacientes, dos quais 21 são casos suspeitos monitorados que aguardam os resultados dos exames, 2.627 casos descartados e 1.670 casos confirmados. Entre os casos confirmados, não há pacientes hospitalizados. Um caso suspeito se encontra internado. 14 pessoas estão em isolamento, 1.618 já estão recuperadas, e 38 óbitos já foram registrados desde o início da pandemia.

Vacinação Covid-19

Até esta segunda-feira (26), Aurora ultrapassou a marca de treze mil doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. Conforme o vacinômetro, 9.269 aurorenses, (100% das doses recebidas) 37,66% da população do município, foram imunizados com a primeira dose da vacina.

Já 13,80% da população, 3.396 pessoas (81,81% das doses recebidas), receberam a segunda dose do imunizante, enquanto outras 480, (100% das doses recebidas), foram vacinadas com a dose única.

No somatório geral, Aurora contabiliza 13.145 doses aplicadas, o que corresponde a 94,57% das doses recebidas.

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem