-->
Família de Juazeiro do Norte denuncia desaparecimento de jovem após proposta para trabalhar em circo

Família de Juazeiro do Norte denuncia desaparecimento de jovem após proposta para trabalhar em circo

Uma família de Juazeiro do Norte, denunciou à Polícia Civil o desaparecimento de um adolescente de 17 anos após ele ter supostamente recebido uma proposta para trabalhar em um circo.

Thales Nunes dos Santos é malabarista e se apresenta em semáforos nas ruas do Município há cerca de dois anos para ajudar em casa.

Segundo a autônoma Tatiana Nunes, irmã do jovem, ele foi abordado por um homem, no começo do mês passado, o convidando para se apresentar em um circo no município de Cajazeiras, na Paraíba.

"Do nada ele apareceu, começou a ensinar outras formas de fazer malabarismo, e o Thales chegou em casa dizendo onde era o circo e que queria ir. Minha mãe disse que ele não fosse, mas ele aproveitou um dia em que não estávamos em casa e foi", diz.

Conforme Tatiana, isso aconteceu ainda no dia 4 de junho e, desde então, a família não tem notícias do adolescente. "O que mais preocupa a gente é que ele levou o celular e nós tentamos ligar, mas só consta desligado", comenta.

Informações repassadas por outros artistas circenses, ainda segundo a irmã, dão conta de que o homem é do Rio Grande do Norte e planejava ir de Juazeiro do Norte a Cajazeiras, depois para Patos, no Piauí, e de lá para seu estado de origem, sempre se apresentando nas ruas.

"Disseram que ele ia parando nos sinais até chegar lá. Nós soubemos também que ele dormia na rua".

A identidade do homem permanece desconhecida para a família. O que eles sabem é somente que ele aparenta ter mais de 30 anos.

O Boletim de Ocorrência foi registrado somente na última segunda-feira (5), pois, segundo Tatiana, havia o receio de que o homem pudesse fazer algo contra Thales.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o caso segue em investigação pela Polícia Civil.

A SSPDS lembra que a população pode contribuir com as investigações, repassando informações para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria, ou para o Whatsapp (85) 3101-0181. As denúncias podem ser feitas também para (88) 3102-1116 ou (88) 3102-1105, telefones da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Diário do Nordeste