-->
Foragido da Justiça cearense com seis mandados de prisão em aberto é preso em ação conjunta na Bahia

Foragido da Justiça cearense com seis mandados de prisão em aberto é preso em ação conjunta na Bahia

Em pouco mais de um mês, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deu fim às buscas a um homem de 22 anos, que se encontrava foragido com seis mandados de prisão preventiva em aberto. O alvo, que é investigado por participar de cinco homicídios e integrar organização criminosa em Várzea Alegre, foi capturado nessa quinta-feira (8), na região de Jequié, na Bahia. Na abordagem, ele, que portava um revólver no momento da captura, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Trocas de informações, diligências ininterruptas e um trabalho operacional de inteligência. Essas foram ações da Polícia Civil do Ceará que culminaram na localização e prisão de Jonas Silva de Sousa, 22 anos, também conhecido como “Zoi de Gato”, que possui antecedentes criminais por homicídio tentado e consumado, tráfico de drogas e incêndio. A localização do homem, que se encontrava foragido desde junho deste ano, contou com o apoio da Polícia Civil e Militar, como também da Polícia Rodoviária Federal (PRF), todas da Bahia.

De posse da localização exata do homem, os agentes de segurança do Ceará solicitaram o apoio dos profissionais de segurança da Bahia, local onde o “Zoi de Gato” já planejava viajar para outro estado, segundo levantamento policial. Lá, já dentro de um ônibus clandestino que se deslocaria para São Paulo, o homem foi rendido pelos policiais. No momento da abordagem, ele estava na companhia de sua companheira, uma mulher de 20 anos, e dois homens de 18 e 24 anos. Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 38 e 12 munições de calibre 12.

Com isso, ele e os demais foram conduzidos à delegacia plantonista local. Na unidade, eles foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo no concurso de agentes. Agora, a PC-CE finaliza os trâmites legais para recambiá-lo ao Ceará, para dar cumprimentos aos mandados de prisão preventivas pelos crimes que foram praticados no interior do Ceará, bem como dar seguimento às investigações para identificar a participação dele em outros crimes ocorridos em Várzea Alegre.