-->
Polícia Civil prende no Crato mulher suspeita de tráfico interestadual de drogas

Polícia Civil prende no Crato mulher suspeita de tráfico interestadual de drogas

Foto: Reprodução/Polícia Civil

Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), na manhã desta quarta-feira (21), resultou na prisão de uma mulher por tráfico interestadual de drogas. Com ela, os policiais civis apreenderam aproximadamente cinco quilos de entorpecentes que seriam distribuídos no Cariri, na região Sul do Estado. A suspeita e as drogas vieram da cidade de Feira de Santana, na Bahia, e tinha como destino final a cidade de Crato. Um cão farejador auxiliou os trabalhos dos agentes.

Juciene Cardoso de Araújo, de 21 anos, sem antecedentes criminais, foi abordada após uma inspeção do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte ao ônibus em que a mulher viajava. No momento da abordagem aos passageiros, ela aparentou nervosismo e forneceu um documento de identidade falso.

Em uma bolsa que a mulher levava, os policiais civis encontraram aproximadamente quatro quilos de maconha e um quilo de cocaína. A abordagem ao ônibus de transporte intermunicipal ocorreu em um posto de fiscalização e contou com o faro apurado do cão guiado pelos policiais civis.

Após a localização da droga, todo o material apreendido e a suspeita foram conduzidos para a sede da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde o flagrante foi registrado. A suspeita foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, tráfico interestadual de drogas, falsificação de documento público e uso de documento falso.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser repassadas para o (88) 99861-6987, que é o WhatsApp do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) do Cariri, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de áudio, de texto ou vídeo.

As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3101-0181, que é o número de Whatsapp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.