PM apreende homem com mais de 30 galos pela prática de maus tratos em Icó

Foto: Redes sociais

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) apreendeu, na manhã desta quarta-feira (01), na cidade de Icó, por crime ambiental, um homem de 32 anos ao ser flagrado em um local com 31 galos para promoção de rinhas entre os animais. O homem relatou que era pago por alimentar e treinar os animais.

Uma equipe do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRAIO) recebeu uma denúncia anônima relatando que, cerca de oito homens, chegaram da capital com o intuito de praticar tráfico de drogas e estariam escondidos em uma casa apontada na rua B, no bairro Cidade de Deus.

Os policiais militares foram até o local averiguar a informação e foram atendidos por um homem de 32 anos que negou a denúncia e autorizou buscas no local. Ao entrar na casa, a composição constatou três pássaros da fauna silvestre (cravina, papa-capim e caboclinho) sem registro legal e 31 galos, sendo que alguns desses estavam com sangramento e lesões. Mais à frente, foram flagrados alguns dos animais treinado em rinhas. Ainda, o ambiente apresentava uma estrutura montada para acomodar os animais e materiais utilizados na prática criminosa, como medicamentos, luvas, roupas para transporte dos animais.

Ao ser indagado, o suspeito informou que recebia 800 reais por mês para alimentar e treinar os animais para as rinhas.

Diante do ilícito, suspeito e material apreendido foram apresentados na Delegacia de Icó, onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) com base no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais.

Os animais foram encaminhados para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) de Juazeiro do Norte por meio de equipe do Batalhão de Policiamento de Meio Ambiente (BPMA) da PMCE.

Faça o Aurora Notícias conosco, envie sugestões de reportagens através do WhatsApp (88) 99487-3124.

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem