Cadela é resgatada pelo Corpo de Bombeiros após cair em poço de 20 metros em Crato-CE; veja o vídeo


Foto e vídeo: SSPDS

Mais um resgate de animal com final feliz. O Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) resgatou, na tarde dessa terça-feira (26), uma cadela que caiu em um poço de 20 metros de profundidade, na localidade de Zacarias Gonçalves, uma área de mata fechada da cidade do Crato, Ceará.

Uma guarnição dos bombeiros militares foi acionada por volta das 13 horas, por meio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em Juazeiro do Norte, que recebeu o chamado de uma senhora informando que um cachorro havia caído em um poço. No entanto, a mulher não soube informar se havia água no reservatório. A solicitante foi a vereadora do Crato, Mariângela Bezerra (PMN), defensora da causa animal na Região do Cariri.

De imediato, os bombeiros lotados na 2ª Companhia do 5º Batalhão de Bombeiros Militar (2ª Cia/5º BBM), com sede na cidade de Crato, se deslocaram até o endereço informado para prestar o socorro. “Chegando ao local, a viatura ficou na área urbana do bairro e a guarnição e os populares caminharam por cerca de dez minutos, seguindo uma trilha na mata para chegar ao ponto onde encontrava-se o poço”, relatou o comandante do socorro, subtenente José Roberto Bento da Silva.

Populares informaram aos bombeiros que a cadela, que não pertence aos moradores do bairro, estava dentro do poço desde o dia anterior e deve ter caído após perseguir algum animal.

O resgate

Conforme o subtenente Roberto, para o resgate foi montado um sistema de ancoragem com multiplicador de força, utilizando um tripé e um conjunto de moitões, corda e mosquetões. “Esse sistema permitiu a descida controlada de um bombeiro militar, o soldado Januário, e logo em seguida o seu içamento com a cadela a terra firme. O animal não apresentava nenhum machucado aparente”, relatou.

O bombeiro que desceu no poço também utilizou seu equipamento de proteção individual (EPI) e por prevenção, um equipamento de proteção respiratória autônoma (EPRA), pois poços profundos normalmente tem gases. Os bombeiros militares informaram que no fundo do poço havia galhos de plantas, que devem ter amortecido a queda da cadela, mas também foi visto ferros pontudos. “No entanto, felizmente, a cadela não se feriu”, acrescentou o subtentente Roberto.

Após o resgate, o animal foi batizado de “Robertinha”, em homenagem ao comandante do socorro. A sugestão veio da vereadora Mariângela Bandeira, que aceitou cuidar da cadela até que apareça algum interessado para adotá-la.

Recomendação

Por prevenção, o Corpo dos Bombeiros do Ceará recomenda que os poços e cacimbas devem estar cercados, sinalizados e tampados para se evitar situações como essa.

Balanço

Em 2019, o CBMCE resgatou 3.919 animais. Ano passado, foram resgatados 5.217. Este ano, entre janeiro e setembro, foram resgatados 4.893 animais, em todo o Ceará.

*SSPDS-CE

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem