Deputado da bancada evangélica na AL-CE propõe lei que proíbe Carnaval no Ceará em 2022


Foto: Reprodução

O deputado estadual Apóstolo Luiz Henrique (Progressistas) apresentou nesta quinta-feira (4), na Assembleia Legislativa do Ceará (AL), um Projeto de Lei que visa proibir a realização do Carnaval 2022 em todo o Estado. O parlamentar usou a pandemia de Covid-19 como justificativa no projeto.

Para se tornar Lei, no entanto, o texto precisa ser lido em Plenário, avaliado pelas comissões temáticas e, caso os deputados deem seguimento, deve ser mais uma vez apreciado pelos pares em Plenário, antes de ser enviado à sanção do governador. Não há prazo estipulado para o trâmite.

A mensagem apresentada por Apóstolo Luiz Henrique estabelece a proibição  "das festividades de Carnaval em 2022 no Estado do Ceará, bem como a realização de quaisquer festas, blocos carnavalescos ou eventos de pré-carnaval, em ambientes abertos ou fechados, promovidos por iniciativa pública ou particular, no período em que seria celebrado o carnaval de 2022".

Em discurso na tribuna da AL nesta quinta-feira, o parlamentar defendeu o projeto.

"Quer dizer então que, nos estádios, ninguém pode beber, glória a Deus por isso. Agora vamos liberar essa turma toda para se embriagar em fevereiro de 2022? Esse povo tudo embriagado, beijando a boca um dos outros?", questionou.

O deputado ainda sugeriu que uma cena no Carnaval de 2019, em São Paulo, tivesse relação com a não realização das festividades no País. A apresentação é da escola de Samba Gaviões da Fiel, na qual retratava Jesus e o diabo em sua comissão de frente.

"Isso aqui foi o que o Brasil viu em 2019, tá? A brincadeirinha que custou caro para o Carnaval, dizendo que o diabo pode estar arrastando o nosso Jesus aí pelas ruas, e vencendo nosso Jesus [...] brincaram e pagaram o preço", completou.

Fonte: Diário do Nordeste

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem