Justiça proíbe bloqueio de estradas federais por caminhoneiros em 20 estados

Foto: Ricardo Botelho/MInfra

Ao menos 20 estados estão proibidos de bloquear rodovias federais nesta segunda-feira (1º), quando foi convocada a greve dos caminhoneiros. A decisão da Justiça Federal atende a uma das 35 ações da União para manter a "ordem a e fluidez" nas BRs. As informações são do Poder360.

Até o último sábado (30), a União conseguiu 24 resultados favoráveis em 17 estados. Já no domingo (31), obteve outras cinco decisões judiciais em mais três estados.

O Ministério da Infraestrutura informou que os pareceres para barrar a paralisação da categoria ocorreram no Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraná, Pará, Bahia, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba, Maranhão, Tocantins, Goiás, Amazonas, Piauí e Rondônia.

Segundo a pasta federal, "as liminares contemplam os principais acessos e rodovias estratégicas do país, tendo como objetivo central a garantia do pleno funcionamento logístico (…), uma vez que o Estado deve garantir a livre circulação de pessoas, serviços e mercadorias essenciais para o país”.

NORMALIDADE

Embora não tenha sido citado na lista, o Ceará amanheceu nesta segunda-feira com trânsito fluindo normalmente, conforme balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF-CE).

"Não há manifestações ou interdições. A PRF continua trabalhando para garantir a segurança e a fluidez nas rodovias federais. Em caso de emergência ou apoio ligue 191", ressalta o órgão.

A nota da PRF segue a mesma orientação expedida pelo Ministério da Infraestrutura nesse domingo (31). A pasta garantiu que “as forças de segurança estão a postos para manter a ordem e a fluidez em todo o país”. Ainda conforme o comunicado, as vias serão monitoradas em tempo real pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Fonte: Diário do Nordeste

0/Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem