Polícia Civil de Aurora prende homem de 26 anos por crime de estupro de vulnerável

Fotos: Redes sociais

Policiais Civis da Delegacia Municipal de Aurora, que também atuam na cidade do Barro, coordenados pelo delegado Paulo Hernesto Pereira Tavares, efetuaram, na manhã desta terça-feira (28), a prisão de um homem de 26 anos por crime de estupro de vulnerável na Terra do Menino Deus.

Segundo informações obtidas pela nossa reportagem, o infrator identificado como Cosmo Lourenço Cordeiro estava vivendo maritalmente na Rua Parque Sabiá, no bairro Araçá, com uma adolescente de 13 anos, inclusive situação esta confirmada pela jovem.

O Conselho Tutelar de Aurora agiu como garantidor dos interesses da criança comunicando às autoridades policiais. A equipe da Polícia Civil ao tomar conhecimento do fato caiu em campo investigando o caso e verificando a procedência da informação. Ao averiguar que a mãe da jovem era conivente com o caso, entendeu que esta expos a sua filha a uma situação de constrangimento enquadrando a mesma no Art. 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Ainda de acordo com informações, no interior da residência foram encontrados anticoncepcionais, que segundo a garota, eram utilizados para que a mesma evitasse uma possível gravidez, já que ela mantinha relações sexuais com o infrator.

O Art. 217-A do Código Penal Brasileiro considera que os menores de 14 anos de idade independentemente do seu querer, a prática de qualquer ato libidinoso, conjunção carnal caracteriza-se estupro de vulnerável  ainda que haja consentimento do menor ou dos pais ou dos responsáveis.

Na residência também se encontrava uma pessoa identificada por José Dourado Filho, que assumiu a posse de seis pássaros que foram apreendidos.

Diante dos fatos, José Dourado também foi conduzido à Delegacia Municipal de Aurora onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pela prática de crime ambiental. Os animais foram soltos na especializada mediante certidão.

A Delegacia Municipal de Aurora continua com ações incessantes no intuito de garantir para a sociedade aurorense e barrense a sensação de segurança. Mesmo com uma equipe reduzida, contando apenas com um delegado, um escrivão e um investigador, a Polícia Civil tem enfrentado a criminalidade a altura e impedindo que o crime se instale no município.

Denúncias

A população pode contribuir repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais na região. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (88) 3543-1832, da Delegacia Municipal de Aurora. Um número de WhatsApp também está disponível: (88) 98101-2001. O sigilo e o anonimato são garantidos.

0/Comentários

Anterior Próxima

Publicidade

Portal Aurora Notícias
Portal Aurora Notícias