CGD decide pela expulsão de mais dois militares por participação no motim


Foto: Fco Fontenele/O POVO

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) decidiu pelas expulsões do CB PM Alexandre de Castro Lima e do SD PM Allyson Moreira Cajazeiras. A decisão foi publicada, nesta quarta-feira (02), no Diário Oficial do Estado (DOE). Até o presente momento, são dez policiais excluídos da corporação e oito punidos com sanções disciplinares de permanência por participação no movimento paredista.

Conforme a publicação, os policiais, “nos moldes do Art. 24, caput, em face da prática de atos desonrosos e ofensivos ao decoro profissional, (a saber, ter aderido de forma espontânea à paralisação das atividades, decorrente do movimento grevista ocorrido no período de 18/02/2020 à 01/03/2020, quando, no dia 24 de fevereiro de 2020, se juntaram aos demais militares amotinados no Quartel do 18ºBPM, com o fardamento próprio das forças policiais, o que demonstra afronta à hierarquia e disciplina militar), comprovado mediante Processo Regular, haja vista a violação aos valores militares, caracterizando, assim, a prática das transgressões disciplinares”. Todos os processos administrativos seguem os preceitos da ampla defesa e do contraditório.

Governo do Ceará

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias