Irmãos foram presos “novamente”por decisão do Poder Judiciário da Terra do Menino Deus


Foto: Redes sociais

Dois irmãos foram presos por decisão do Poder Judiciário de Aurora, pela prática de crime de homicídio qualificado na modalidade tentada.

Na manhã de hoje, 10 de fevereiro de 2022, após representação do delegado de Polícia Civil de Aurora/Barro, Paulo Hernesto Pereira Tavares, foi dado cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de Bruno de Souza Saraiva, conhecido como “Bruno de Nova”, de 24 anos, residente na Vila Tuica, zona rural de Aurora, este que já se encontra recolhido à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte, possuidor de extensa ficha criminal por crimes de embriaguez ao volante, porte e posse irregular de arma de fogo, disparo em via pública, além de ser acusado de ser o executor da pessoa de Carlos Eduardo da Silva, conhecido como “Carlos Eduardo da Ingazeiras”, de 20 anos, morto a tiros em 9 de outubro de 2021.

Contra ele também existem outras medidas cautelares a serem analisadas pela autoridade judicial de Aurora e outros processos em curso tanto no município do Barro, como em Juazeiro do Norte, São José de Piranhas-PB, Cachoeira dos Índios-PB e Cajazeiras-PB, mostrando que o mesmo é um verdadeiro contraventor e subversor da ordem pública.

Também foi preso Erivaldo Gonçalves de Almeida Júnior, 21 anos, o “Júnior de Nova”. Este, localizado na cidade de Hortolândia, estado de São Paulo, após um trabalho integrado entre a Delegacia Municipal de Aurora e forças de segurança paulistas.

Ainda de acordo com informações, “Júnior de Nova” foi preso após iniciada uma caçada ao mesmo por força de mandado de prisão expedido pela Comarca de Aurora, e durante o cumprimento do mandado judicial, o mesmo estava portando uma arma com numeração raspada. Além de ter sido feita a prisão em flagrante no art.16, da lei 10.826 (porte de arma de fogo de uso restrito), também logrou-se o cumprimento do mandato de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário de Aurora.

Mais detalhes

Segundo informações obtidas pela nossa reportagem, os irmãos “Bruno de Nova” e Júnior de Nova” são acusados de tentativa de homicídio à faca ocorrido no último dia 25 de dezembro de 2021 contra um homem identificado pelo apelido de “Miudinho Cabeleireiro”, crime este ocorrido em um bolão de vaquejada no Sítio Santa Bárbara, na zona rural de Aurora, durante um bolão de vaquejada.

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias