Operação de combate à violência contra mulheres prende 350 pessoas no Ceará


Foto: Reprodução

A Operação Resguardo resultou nas prisões e apreensões de 350 pessoas envolvidas em crimes de violência doméstica e sexual contra mulheres. A quantidade de prisões deixou o Ceará em primeiro lugar no número de prisões em todo o Nordeste e o sexto do país.

A operação começou em 7 de fevereiro e é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi).

Prisões, armas e munições apreendidas

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, na terça-feira (8), data que encerrou a operação nacional, foram presas sete pessoas, além de terem sido apreendidas armas e munições.

A secretaria afirmou que uma das prisões ocorreu em Beberibe, Litoral-Leste do Estado, onde um mandado de prisão preventiva por crime de feminicídio foi cumprido em desfavor de um homem de 37 anos de idade, suspeito de matar, em fevereiro deste ano, em Fortaleza, a ex-companheira. A vítima, uma mulher de 30 anos, que foi atingida por um objetivo perfurocortante, chegou a ser socorrida e levada para uma unidade hospitalar, mas morreu após atendimento médico.

O trabalho ocorreu nos 26 Estados da Federação e no Distrito Federal.

Fonte: G1 CE

0/Comentários

Anterior Próxima

Publicidade

Portal Aurora Notícias