Triplo homicídio registrado na noite deste domingo no bairro Cirolândia em Barbalha

Foto: Redes sociais

Três homens foram mortos durante uma troca de tiros na noite deste domingo (17) em Barbalha, dois deles pai e filho. As mortes aconteceram por volta das 20 horas na Avenida da Liberdade (Perimetral leste), Bairro Cirolândia.

De acordo a Polícia Militar, as vítimas são o mototaxista Cicero Januário Ferreira, de 42 anos, o filho dele, Hermison Lucas dos Santos Ferreira, de 18 anos ambos que residiam na Avenida da Liberdade (Perimetral leste), Cirolândia, e Antonio Felinto da Cruz Neto, de 33 anos que morava na Rua Pedro Pereira dos Reis, também no bairro Cirolândia. Cicero Januário e Antonio Felinto morreram no local enquanto Hermison Lucas ainda chegou a ser socorrido ao Hospital São Vicente de Paula, mas não resistiu.

Segundo a PM, uma discussão no trânsito envolvimento a esposa de umas vitimas com um dos homens mortos foi motivação para o crime. O policiamento que atendeu a ocorrência informou que a companheira de Antonio Felinto, Lecite Samara Sabino Santiago, de 39 anos relatou que no dia de ontem ela dirigia um veículo quando, próximo a churrascaria JB, no bairro Cirolândia, a caminhonete Hilux de propriedade de Cicero Januário estava fechando a rua e impedindo sua passagem. Ao pedir para que o homem retirasse o carro, este disse que não retiraria e iniciou-se uma discussão entre ambos. E após o conflito, ela conseguiu sair do local e foi para casa.

Ainda de acordo com a Policia, por volta das 20 horas, Antonio Felinto foi até a residência de Cicero Januário para tratar sobre o ocorrido. Na ocasião houve uma discussão e iniciaram trocas de disparos de armas de fogo entre eles, vindo ambos a serem lesionados, como também o jovem Hermison Lucas. Os dois primeiros morreram no local e o terceiro socorrido ao hospital São Vicente morrendo pouco tempo depois de dar entrada no setor de emergência. Em ato continuo, as testemunha do triplo homicídio, Lecite Samara Sabino Santiago e Cidiane Maria dos Santos, foram conduzidas até a 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte para os relatos à autoridade policial.

Fonte: Caririceara

0/Comentários

Anterior Próxima

Publicidade

Portal Aurora Notícias