Arte, tradição e patrimônio são destaques na 24ª edição da Mostra Cariri de Culturas

 Arte, tradição e patrimônio são destaques na 24ª edição da Mostra Cariri de CulturasDe 26 a 30 de agosto, cerca de 2.200 artistas integram uma programação com mais de 300 atividades culturais gratuitas

A região do Cariri cearense é reconhecida por ser uma vitrine de costumes e tradições onde a cultura pulsa intensamente. Neste contexto, o Sesc Ceará realiza, há mais de duas décadas, um dos principais encontros culturais do País: a Mostra Cariri de Culturas. Este ano, o evento acontece no período de 26 a 30 de agosto, com ações em 28 municípios da região do Cariri e na cidade de Iguatu, no Centro-sul do Estado.

Para esta edição, a Mostra traz como foco o patrimônio paleontológico e além de promover a difusão das tradições e das artes, o encontro vai reforçar a campanha de reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade, iniciada pelo Sesc Ceará, em 2019. A temática reúne pesquisadores, artistas e público em torno de ações formativas, apresentações e mesas de debates que incentivam as manifestações artístico-culturais desses territórios criativos.

Para o presidente em exercício do Sistema Fecomércio Ceará, Cid Alves, a Mostra Cariri de Culturas é um convite para celebrar tudo aquilo que faz o povo cearense ser tão plural. “Ao exaltar o patrimônio cultural de seus territórios, partimos dos sítios paleontológicos ao design único de Espedito Seleiro, passando pela cultura da fé e todos aqueles movimentos que nos fazem ser quem somos”, ressalta.

Caldeirão cultural

Estruturada em sete linguagens: Música, Artes Cênicas, Literatura, Tradição, Audiovisual, Artes Visuais e Patrimônio, a 24a edição da Mostra conta com a participação de 190 grupos/artistas, entre reisados, maracatus, bacamarteiros, cordelistas, repentistas, cocos e bandas cabaçais, entre outras manifestações artístico- culturais.

Abrindo as cortinas, no dia 26/08, o grupo Titãs realiza o show de abertura no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti, na cidade do Crato, a partir das 20h. A apresentação reúne criações que vão desde alguns singles da ópera rock Doze Flores Amarelas, como “A Festa”, “Canção da Vingança”, “Doze Flores Amarelas” e “É Você”. O repertório ainda conta com os grandes sucessos do grupo paulistano, como “Epitáfio”, “Flores”, “Sonífera Ilha”, “Pra Dizer Adeus” e muitos outros. Já no dia 30/08, o show de encerramento fica a cargo dos artistas João do Crato e Cleivan Paiva. João do Crato possui uma carreira de mais de 40 anos – performático, multiartista,o artista vai das Lapinhas e Dramas Populares ao Rock’n Roll, apostando na irreverência como marca registrada. Já Cleivan Paiva tocou com nomes de grande repercussão, como Hermeto Pascoal. O artista possui três álbuns em sua carreira solo: “Guerra e Paz”, “Cleivan Paiva” e “Sonhos do Brasil”, além de ter tocado em festivais de grande repercussão por todo o país e compor a trilha sonora original de filmes como: “O Caldeirão da Santa Cruz do Deserto” e “A Saga do Guerreiro Alumioso”.  Os shows acontecem a partir das 17h, na Praça Siqueira Campos, no Crato.

Um dos destaques desta edição é a inauguração do Museu Orgânico Oficina de Corrinha Mão na Massa, no dia 27/08, em Missão Velha. Este será o 10o Museu Orgânico de uma rede de fomento à tradição. A ceramista Socorro, ou Corrinha Mão na Massa, apelido que ganhou ainda criança, transformou seu dom em profissão e se orgulha da força da terra que entrelaça sua história. O projeto do Sesc Ceará, em parceria com a Fundação Casa Grande, valoriza o saber popular, transformando a casa de artistas e mestres da cultura em espaços de memória.

Desde 2017, o Sesc realiza a ação “Pensando Verde na Mostra” proporcionando discussões sobre meio ambiente e sustentabilidade. Nesta edição, o projeto acontece de 27 a 30/08, na Praça da Sé, na cidade do Crato, com trocas de mudas, exposições mediadas, oficinas e uma vivência ambiental no Museu Orgânico Casa dos Pássaros, em Potengi.

Também durante a programação, será realizada a 3ª edição do Seminário Patrimônio da Humanidade Chapada do Araripe, tendo como tema a Riqueza paleontológica da bacia geológica do Araripe. Os encontros acontecem nos dias 29 e 30 de agosto, no auditório do Geopark Araripe. Entre os participantes, estão os professores e pesquisadores Allysson Pinheiro, Edenilce Batista, Eduardo Guimarães e Patrício Melo.

Senac na Mostra

O Senac Ceará traz uma diversificada programação nas áreas de Moda, Gastronomia, Cultura, Turismo e Mercado Editorial, participando ainda com a Livraria Senac Ceará. São workshops, palestras, oficinas, desfiles e exposições, reunindo nomes de destaque no cenário local e nacional. Para os workshops de Gastronomia, a instituição traz os chefs do restaurante paulistano De*Segunda, Júlia Tricate e Gabriel Coelho, conhecidos como vencedores dos reality shows Mestre do Sabor e The Taste Brasil, respectivamente. O movimento DOC – Denominação de Origem Cearense – também tem seu representante na Mostra Cariri de Culturas 2022: o chef Leo Gonçalves, que coleciona prêmios da Veja Fortaleza como Chef do Ano e Melhor Restaurante, enquanto esteve à frente do seu Mar Menino.

Solidariedade em cartaz

Além do fomento à cultura, a Mostra traz também a proposta de contribuir para a redução da insegurança alimentar, arrecadando alimentos para quem precisa. Assim, para ter acesso às apresentações em espaços fechados, o público será estimulado a levar dois quilos de alimentos não perecíveis. Os alimentos arrecadados serão destinados ao Programa Mesa Brasil Sesc, cuja missão é ajudar a combater a fome no Ceará. O Mesa Brasil é reconhecido como o maior banco de alimentos do País. De um lado, contribui para a diminuição do desperdício, contribuindo para a redução da condição de insegurança alimentar de crianças, jovens, adultos e idosos. Em ambos os polos desse percurso, as estratégias de mobilização e as ações educativas incentivam a solidariedade e o desenvolvimento social.

Sobre a Mostra

Realizada pelo Sistema Fecomércio Ceará, a Mostra Cariri de Culturas é um palco de difusão das mais diversificadas manifestações artísticas e culturais. A Mostra acontece anualmente na região do Cariri, que se transforma em cenário para apresentações de espetáculos de teatro, dança, exposições, shows, cafés literários, rodas de conversas, performances artísticas, mostras de cinema e vídeo, além de ações formativas e seminário. Através de sua ampla programação o evento promove o intercâmbio, a pluralidade e uma rica troca artística.

24ª Mostra Cariri de Culturas 

De 26 a 30 de agosto de 2022 

Programação completa: Site https://www.mostracariri.com.br e no aplicativo de celular “Mostra Cariri”, disponível para Android e iOS.

*Programação sujeita a alteração

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias
Portal Aurora Notícias