Bancário acusado de espancar empresário por briga de trânsito é julgado em Juazeiro do Norte


Foto: Reprodução

Começou na manhã desta terça (11), em Juazeiro do Norte, o julgamento de Raimundo Maciel Lopes Neto, de 35 anos. O ex-bancário é acusado de espancar o empresário Pedro Ribeiro da Costa Neto, de 32 anos, durante uma briga de trânsito na madrugada de 12 de agosto de 2018.

Imagens de câmera de segurança registraram o momento em que o réu desfere uma sequência de socos contra Pedro Neto, que estava sentado no banco do motorista. O réu estava do lado de fora em pé após estacionar o carro ao lado do veículo da vítima na rotatória Crajubar, um dos pontos mais movimentados do trânsito na cidade.

Foram tantas lesões que Pedro Neto foi internado em estado grave. 10 dias depois, o empresário morreu. O acusado, então bancário do Banco do Brasil em Campos Sales, não foi mais visto durante meses até que foi localizado e preso após uma investigação da polícia. Ele estava em Caldas Novas, no interior de Goiás.

O réu continua preso e assiste ao julgamento de lá de forma virtual.

"Chegou o dia. Espero que Deus ilumine a cabeça dos jurados para que seja feita justiça", disse Mário Fernandes, pai da vítima.

Parentes do réu também estavam no fórum. Eles usavam camiseta branca. O advogado de defesa Lucas Moraes veio de Goiás.

"Não vim pedir a absolvição, mas que a pena seja justa de acordo com o que aconteceu naquele dia fatídico", disse.

Fonte: G1 CE

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias

Publicidade

Portal Aurora Notícias