Vaqueiro de 74 anos é preso por estupro de vulnerável em Barbalha; crime ocorreu em 2013 em Aurora

Foto: Redes sociais

Uma ação da Polícia Civil, através da Delegacia Municipal de Aurora-CE prendeu na tarde desta sexta-feira (11), um homem de 74 anos investigado por crime de estupro de vulnerável. A prisão aconteceu na zona rural de Barbalha em cumprimento a mandado de prisão.

O vaqueiro, Benedito Lourenço dos Santos, natural de Mata Grande, estado de Alagoas é suspeito de um estupro em que foi vítima uma menina de 13 anos, fato ocorrido em Aurora. Contra ele existe um mandado de prisão que foi cumprido pela equipe da polícia civil de Aurora/Barro. A ação policial aconteceu na residência dele no Sítio São Pedro, em Barbalha após trabalho de investigativos e diligências realizadas pelos policiais civis.

Após a prisão sua prisão, o idoso foi apresentado ao delegado titular da delegacia de Aurora, Dr. Paulo Hernesto e após os procedimentos de praxe, foi encaminhado a PEFOCE Cariri para realização de exame pericial, em seguida recolhido à cadeia pública de Juazeiro do Norte/CE, onde está a disposição do poder judiciário.

Entenda o caso:

Segundo as investigações, no ano de 2013, Benedito manteve relações sexuais com uma menor de 13 anos no município de Aurora. Na época ele foi preso, e posteriormente passou a responder o processo em liberdade quando no ano de 2018 foi condenado pelo crime previsto no artigo 217-A, do código penal brasileiro e fugiu para lugar ignorado.

Após levantamento da Policia Civil, descobriu-se que o suspeito estava se escondendo e , por ser vaqueiro, trabalhava em propriedades rurais se evadindo das ações policiais, vindo nesta sexta-feira ser localizado em uma propriedade no Sítio São Pedro e preso.

Vale recordar que o código penal brasileiro entende que a manutenção de relações sexuais com menores de quatorze anos é crime de estupro, mesmo que a relação sexual seja consensual, pois considera que menores de quatorze anos a violência do ato sexual é presumido.

A polícia civil precisa de sua ajuda, colabore, ajude, não deixe que a impunidade ou a criminalidade impere. Faça suas denúncias através do telefone 88 9 81012001, sua denúncia é totalmente anônima. Ou através do disque denúncia da SSPDS, pelo telefone 181 ou 85 3101 0181.

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias
Portal Aurora Notícias