Ceará tem quatro açudes sangrando em 2023


Foto: Divulgação/Cogerh

O açude Rosário, no município de Lavras da Mangabeira, no Cariri cearense, atingiu 100% de capacidade hídrica total. O volume foi atingido nesta segunda-feira, 23. Agora são quatro açudes que sangraram neste ano no Ceará, segundo dados da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh).

O primeiro a atingir a capacidade máxima em 2023 foi o Germinal, em Palmácia, logo no sexto dia do ano. Já na última sexta-feira, 20, dois açudes sangraram no Ceará: Tijuqinha, em Baturité, e Caldeirões, em Saboeiro.

Outros três açudes no Ceará estão com volume acima de 90%, são eles: Muquém (95,7%), em Cariús; Aracoiaba (94,2%), no município homônimo; e Pesqueiro (90,8%), em Capistrano.

Monitoramento dos açudes no Ceará também mostra que há 69 açudes com volume inferior a 30%, incluindo o Castanhão e o Banabuiú.

O Castanhão, maior reservatório do Estado, está com 19% da capacidade máxima. Já o Banabuiú tem 9%, conforme o portal hidrológico.

Orós, que completa a lista de três maiores açudes do Estado, tem 43% do aporte.

Fonte: O Povo

0/Comentários

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias

Publicidade

Portal Aurora Notícias