Enel oficializa saída do Ceará e vai embora sem punição pelos maus tratos aos consumidores


Foto: Reprodução

A concessionária de energia Enel oficializou, por meio de comunicado na Bolsa de Valores, que abriu negociações para a venda do controle acionário da empresa no Ceará. A mudança de rumos do grupo empresarial, em deixar o Estado do Ceará, foi antecipada, no ano passado, e, agora, se tornou oficial.

O comunicado da Enel, definido como fato relevante, não detalhe o estágio das negociações: “A Companhia esclarece que a conveniência e oportunidade de alienação das ações de sua emissão é decisão que cabe exclusivamente aos seus acionistas. A Companhia informa que, se e quando for o caso, qualquer operação dependerá da obtenção das aprovações necessárias e observará os termos da regulamentação aplicável”.

Campeã de queixas nos órgãos de defesa do consumidor, a Enel escapou de punições ao longo dos últimos 10 anos pelos transtornos e prejuízos causados aos cearenses que reclamam, com frequência, da má qualidade dos serviços prestados pela concessionária.

As queixas dizem respeito à demora na ligação e religação de rede elétrica, oscilação da corrente elétrica, que provoca a queima de equipamentos, e cobranças indevidas. O descaso da Enel é com a iniciativa privada, com o serviço públicos e pequenos, médios e grandes consumidores.

O descaso fez um grupo de deputados estaduais pedir a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Enel. O requerimento para instalação da CPI tem o apoio de quase 40 deputados – o número mínimo exigido pelo Regimento Interno da Assembleia Legislativa é de 12 assinaturas.

O Governador Elmano de Freitas (PT) acompanha as negociações, disse que foi informado que os entendimentos para venda da empresa estão bem adiantados e quer que a nova concessionária preste um serviço de boa qualidade aos cearense.

Segundo Elmano, a Enel tomou uma decisão de sair do Estado, está em processo de venda e outra empresa deve assumir. ‘’Nós temos que aguardar a outra empresa, informação que eu tenho é que têm negociações bastante avançadas, e qual é a empresa eu não sei”, comentou o governador.

Fonte: Ceará Agora

2/Comentários

  1. Só espero que conclua os projetos que ja foi a Provados lutamos tanta pra consseguir!

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente por que temos um Governo Complascente com a situação. A ENEL é uma das maiores pagadoras de imposto do Ceará e vcs acham que o Governo fará algo para punir a empresa. Ruim ficou para os comerciantes das barracas de praia que perderam tudo no início do ano passado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Anterior Próxima
Portal Aurora Notícias
Portal Aurora Notícias