SITE-2-c-pia

Comissão gestora e usuários aprovam nova vazão para o Açude Cachoeira em Aurora


Foto: Cogerh

Após intensas discussões e análises, a Comissão Gestora, juntamente com os Usuários de água do Açude Cachoeira, e com a intervenção da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), aprovaram, no último dia 4, uma nova vazão para o reservatório. Esta decisão visa atender adequadamente todas as demandas hídricas da comunidade local. A implementação está prevista para o segundo semestre deste ano, sob supervisão da Gerência Regional da Cogerh.

Para contextualizar, o açude operou entre julho e janeiro de 2023 com uma vazão média mensal de 38,2 L/s. Surpreendentemente, em março deste ano, o reservatório alcançou 100% de sua capacidade máxima. Esta marca gerou a necessidade de realizar um processo de Descarga de Fundo, liberando água entre fevereiro e julho de 2023 a uma vazão média mensal de 46 L/s.

Os registros recentes indicam que o Açude Cachoeira mantém um volume de 32,8 milhões de m³, o que representa 95,57% de sua capacidade total.

Após a revisão, a Comissão e os Usuários de água concordaram com uma vazão de 100 L/s, dos quais 25 L/s seriam destinados à sede de Aurora e 20 L/s especificamente para o abastecimento humano do Sítio Caiçara.

O plano inicial prevê a liberação dos 100 L/s até que a água atinja a comunidade do Sítio Caiçara, momento em que a vazão será ajustada para 45 L/s.

Importa destacar a responsabilidade da Comissão Gestora, que deverá monitorar e informar se houver a necessidade de modificar a vazão, desde que não exceda o limite estabelecido de 100 L/s. Simulações indicam que, com esta medida, o açude poderia chegar a 31 de janeiro com até 75,4% de sua capacidade.

Google Plus

Henrique Macêdo

0 Comentários :

Postar um comentário