SITE-2-c-pia

Ramal do Salgado: Obras hídricas impulsionarão abastecimento em 54 cidades cearenses

Foto: SRH

A obra do Ramal do Salgado, anunciada no âmbito do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), promete ser um divisor de águas para a população cearense. Com um impacto direto em 54 cidades, cerca de 4,7 milhões de pessoas serão beneficiadas pela infraestrutura que se estende por 34,3 quilômetros.

Destinado ao transporte de água do São Francisco, o Ramal fará a ligação desde o Ramal do Apodi, localizado na Paraíba, até o Rio Salgado no Ceará. Este projeto reduzirá a trajetória da água em 150km até o Castanhão, principal reservatório do estado.

Este investimento robusto, que ultrapassa os R$ 600 milhões, contará com uma arrojada estrutura de controle, que inclui:

13 segmentos de canal
Três aquedutos
Um sifão
Oito rápidos
Um túnel

Robério Monteiro, secretário dos Recursos Hídricos, sublinhou a importância do projeto para a segurança hídrica dos municípios cearenses, destacando a capacidade do ramal de transportar água por gravidade desde a Paraíba.

Além disso, o governador Elmano de Freitas, em reunião em Brasília com o ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, tratou da urgência e priorização dessas obras no escopo do Novo PAC. O Ramal do Salgado foi apontado como uma etapa vital para a gestão hídrica do estado, visando distribuir a água do Projeto São Francisco para inúmeras famílias cearenses.

Cidades como Acarape, Fortaleza, Jaguaribe, Maracanaú e Várzea Alegre, entre muitas outras, verão em breve os benefícios da água do Ramal do Salgado, garantindo não só o abastecimento, mas também uma melhor qualidade de vida e desenvolvimento regional.

Google Plus

Henrique Macêdo

0 Comentários :

Postar um comentário