Últimas Notícias
latest

Ministério Público do Ceará repúdia declarações discriminatórias do vereador de Jucás sobre autismo


Foto: Reprodução

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Cidadania, manifestou repúdio às declarações do Presidente da Câmara Municipal de Jucás, vereador Eúde Lucas, sobre pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Na sessão realizada em 20 de setembro de 2023, Lucas sugeriu que a violência física poderia “curar” o autismo.

Tais afirmações, além de incitarem à violência contra os autistas, promovem a desinformação sobre o que realmente constitui o TEA, um transtorno de neurodesenvolvimento e não uma doença a ser curada. A ocorrência nas redes sociais foi imediata, evidenciando a indignação da população.

Diante das afirmações equivocadas e detalhadas, o Ministério Público, em consonância com as diretrizes nacionais e internacionais sobre os direitos das pessoas com deficiência, afirmou que tomará todas as medidas cabíveis, tanto civis quanto criminais, para reparar os danos causados ​​pelas declarações do vereador.

« Anterior
Próxima »

Nenhum comentário