Últimas Notícias
latest

728x90

header-ad

468x60

header-ad

Governo do Ceará anuncia investimento em proteção animal


Hiane Braun - Casa Civil - Foto

O Governo do Estado do Ceará anunciou um investimento de R$ 5 milhões em políticas públicas para a proteção animal. A Secretaria da Proteção Animal (SEPA) está lançando quatro editais de apoio a abrigos e protetores de animais.

O programa Vet+Ceará, destinado a protetores de baixa renda, permitirá que até 42 clínicas em todo o estado se credenciem para prestar serviços como castração, consultas, exames laboratoriais e de imagem, além de cirurgias gerais. Com um investimento de R$ 3,12 milhões, a expectativa é realizar 14 mil atendimentos.

Além disso, o Programa de Apoio a Abrigo, chamado PataCeará, lançou três editais totalizando R$ 1,98 milhão para custear alimentação e medidas sanitárias para organizações e entidades dedicadas a animais domésticos, equinos e animais silvestres. Cada instituição selecionada pode receber até R$ 180 mil por ano, dependendo da quantidade de animais abrigados e do plano de trabalho.

Os editais para o PataCeará foram publicados no Diário Oficial do Estado na quarta-feira (13), e as inscrições começam no dia 13 de abril e vão até 29 de abril de 2024 às 23h59.

O Vet+Ceará tem como objetivo conectar clínicas veterinárias e tutores inscritos no CadÚnico e cadastrados na SEPA. O prazo para o recebimento de documentos para o credenciamento das clínicas vai até as 17 horas do dia 24 de março de 2024.

O acesso aos procedimentos pelo público será feito mediante registro prévio na Secretaria da Proteção Animal, e os atendimentos serão direcionados via sistema próprio desta secretaria. Mais informações podem ser encontradas no site da secretaria: www.protecaoanimal.ce.gov.br.

Para se cadastrar como protetor de animais, é necessário atender a pelo menos um dos seguintes requisitos: ter uma renda de até 2 salários-mínimos e uma declaração de hipossuficiência de incapacidade de custear atendimentos veterinários sem comprometer o próprio sustento ou da família; ou uma declaração de um veterinário, devidamente registrado no CRMV, informando que o beneficiário atua como protetor de animais no estado do Ceará.

« Anterior
Próxima »

Nenhum comentário