SITE-2-c-pia

Governo Federal condicionará pagamento do Bolsa Família à carteira de vacinação em dia


Foto: Reprodução

O Governo Federal decidiu exigir que, para entrarem ou continuarem no Bolsa Família, mães e pais terão que manter, em dia, a carteira de vacinação das crianças. A medida, anunciada, nesta segunda-feira (6), pelo presidente Lula, faz parte do esforço do Ministério da Saúde para retomar a aplicação de vacinas que, nos últimos quatro anos, não recebeu a devida atenção do Governo Federal.

Segundo o presidente Lula, o seu antecessor Jair Bolsonaro promoveu campanhas de desinformação contra a vacinação e defendeu, que a partir desse momento, as mães levem seus filhos para receberem os imunizantes obrigatórios.

‘’Nós tivemos nos últimos tempos a maior campanha que já vi alguém fazer do negacionismo de uma vacina. Nunca imaginei um presidente mentindo tão descaradamente sobre os benefícios de uma vacina’’, criticou Lula com mensagem endereçada ao ex-presidente Bolsonaro.

De acordo com o presidente Lula, ‘’hoje, além da propaganda, é preciso convencer as pessoas. É preciso convencer o pai e a mãe que uma criança tem que tomar vacina para o bem da criança e para o bem da família’’.

Ao final das declarações sobre a importância da vacinação, feitas durante evento no Rio de Janeiro para lançamento dos mutirões de cirurgias, o presidente Lula fez um apelo para todos terem a preocupação de manter a saúde das crianças por meio da imunização.

‘’Pelo amor de Deus, a gente não pode ser ignorante ao ponto de achar que não tem que tomar vacina. Uma mãe que não leva um filho para tomar a vacina contra a paralisia infantil, eu fico me perguntando que amor é esse’’, disse o Chefe da Nação.

CRITÉRIOS PARA O BOLSA FAMÍLIA

A exigência da carteira de imunização em dia é um dos três critérios citados pelo presidente Lula como condição para as famílias receberem a ajuda mensal de R$ 600 do Governo Federal, além do valor extra de R$ 150 por criança de até seis anos de idade. Além da vacinação, o Governo exigirá, também, que as crianças estejam matriculadas e frequentando a escola e, no caso das grávidas, seja feito o acompanhamento pré-natal completo.

Fonte: Ceará Agora

Google Plus

Henrique Macêdo

0 Comentários :

Postar um comentário