SITE-2-c-pia

Cinco pessoas são presas em operação conjunta da PC-CE e PCSC no Ceará e Santa Catarina


Foto: PCCE

Uma operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) com foco em cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, culminou, nesta sexta-feira (12), nas prisões de três mulheres e um homem, suspeitos de envolvimento em um crime de homicídio, além da captura de um homem em posse de drogas. A ação ocorreu no município de Assaré, no Ceará, e no estado de Santa Catarina.

Logo que os policiais civis da Delegacia Municipal de Assaré tomaram conhecimento sobre um homicídio, registrado no dia 8 de janeiro deste ano, iniciaram uma série de diligências e oitivas com foco em elucidar o fato. Na ocasião, um homem, de 22 anos, foi morto por disparos de arma de fogo em via pública, na localidade de Sítios Coqueirão, em Assaré. Durante as investigações, quatro suspeitos de participação no crime foram identificados.

Diante disso, mandados de prisão temporária e busca e apreensão foram solicitados ao Poder Judiciário. Nesta sexta-feira (12), Cícera Ismaria Alves de Sousa, 20 anos; Natália Reinaldo de Sousa, 27 anos, e Tatiana Reinaldo de Sousa, 30 anos, que são irmãs, foram presas em Assaré. Já Felipe da Silva Neto, 25 anos, também investigado como coautor do crime, foi localizado e preso em Santa Catarina, após troca de informações entre as Polícias Civis cearense e catarinense. As investigações permanecem, com o objetivo de identificar a motivação do crime.

Outra prisão

Durante os trabalhos policiais no município de Assaré, os policiais civis cumpriram um mandado de busca e apreensão em desfavor de Lorran da Silva Rogério, de 18 anos, que quando adolescente possuía atos infracionais análogos aos crimes de posse ilegal de arma de fogo e furto. Com ele, os policiais civis encontraram três pés de maconha. Ainda com base nas informações policiais, no momento da abordagem policial, Lorran reagiu a ofensiva, ameaçou os policiais, depredou a viatura e ainda tentou fugir. Diante disso, ele foi autuado em flagrante por ameaça, dano, desacato, resistência e posse de drogas.

Google Plus

Henrique Macêdo

0 Comentários :

Postar um comentário