Aurora tem duas obras federais paralisadas ou inacabadas, aponta TCU


Foto: Reprodução

Um levantamento do Tribunal de Contas da União (TCU) mostrou a existência duas obras paralisadas ou inacabadas em Aurora, sendo ambas na área de educação. Os dados foram atualizados em agosto e divulgados nesta terça-feira (27).

É o caso das coberturas das quadras das Escolas Romão Sabiá, no bairro Araçá, e Antonio Landim de Macedo, no bairro Padre Mororó, cujas obras foram iniciadas em 2018. O prazo para a conclusão era de 60 dias.

Segundo a Corte, os valores totais previstos desses contratos paralisados somam R$ R$ 162.617,91 em recursos federais.

A área técnica esclareceu do TCU, no entanto, que o real prejuízo de uma obra paralisada ou inacabadas é de "difícil mensuração", porque envolve desde os custos de depreciação até o prejuízo ocasionado pela privação dos benefícios à população que o empreendimento poderia gerar.

Prejuízos

Sobre o tempo de paralisação, o tribunal diz que nem todos os bancos de dados públicos apresentam a data de paralisação das obras.

Motivos

Constam também como possíveis motivos para as paralisações a rescisão de contratos, abandono da empresa contratada e irregularidades.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Portal Aurora Notícias no (88) 98235-4046.

Anterior Próxima

Publicidade

Portal Aurora Notícias

Publicidade

Portal Aurora Notícias