SITE-2-c-pia

Juazeiro do Norte: Água contaminada do Buraco Azul pode causar câncer, diz autarquia


Foto: Ednaldo Moura

A água contaminada com resíduos de explosivos no "Buraco Azul", em Juazeiro do Norte, pode provocar problemas no pâncreas e nos rins dos banhistas, segundo o diretor da Autarquia Municipal de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte (Amaju), Eraldo Oliveira.

De acordo com especialistas que estiveram no "Buraco Azul", após a realização de testes com a água, foi constatado que os tons azulados e verdes se devem à presença de componentes químicos usados para explorar as rochas. Essas substâncias são prejudiciais à saúde.

Uma placa de "Perigo" foi colocada na entrada do "Buraco Azul" na sexta-feira (17). Mesmo assim, banhistas foram flagrados tomando banho no local. A implementação da placa foi solicitada pela Autarquia Municipal de Meio Ambiente.

Segundo Eraldo Oliveira, a área precisa ser monitorada e liberada com segurança. Para isso, a empresa responsável pelo local precisa apresentar estudos em um relatório de monitoramento ambiental.

"As afecções nos rins, pâncreas e fígado podem ser uma realidade, pois como os metais em geral são cancerígenos, a área precisa ser monitorada e liberada com segurança", explicou o presidente da Amaju.

Eraldo também explicou que, como se trata de uma mineração em desativação, há riscos de que haja um grande índices de metal pesado, "pois o uso de dinamites carrega resíduos com esse tipo de contaminação."

"Isso em contato com a água da chuva, a incidência dos raios solares e a percolação por sobre as rochas, eleva o grau de reações químicas e dá a ela aquela coloração."

Fonte: G1 CE

Google Plus

Henrique Macêdo

0 Comentários :

Postar um comentário